Sebastián Coates
#21

Numa equipa desorganizada e caótica, um central que tenta "apagar fogos" que surgem de todos os lados está muito exposto a erros.
Está inegavelmente a atravessar um mau momento, mas de maneira nenhuma deve ser usado como bode expiatório de nada. Ele não é um dos principais culpados dos maus resultados, nem de perto nem de longe.

Não me esqueço que após Alcochete nunca rescindiu e sempre mostrou ao clube um respeito inexcedível. Logo, merece respeito também, apesar dos erros que comete ao tentar remendar os erros dos outros.
Responder
#22

Citar: MAU MOMENTO DEVE AFASTAR COATES DO JOGO COM O RIO AVE

A reação quando desviou a bola com o pé direito para o fundo da própria baliza, ditando a derrota do Sporting frente ao líder Famalicão, anteontem, em Alvalade, à passagem do minuto 88 - prostrado no relvado, incrédulo com o que acabara de acontecer -, parece elucidativa do momento que Sebastián Coates atravessa na carreira. As mais recentes exibições do internacional uruguaio têm ficado manchadas por erros grosseiros com impacto direto nos resultados da equipa, exigindo uma análise atenta dos responsáveis pelo grupo de trabalho.

O jogador de 28 anos já tinha sido um dos protagonistas da partida com o Rio Ave, a 31 de agosto, a última com o treinador Marcel Keizer no comando técnico, ao contribuir para a marcação de três grandes penalidades a favor dos vila-condenses - e que, de resto, foram aproveitadas pelo adversário, que conseguiu a reviravolta em Alvalade, batendo o Sporting por 3-2, na 4.ª jornada da Liga. Às três faltas dentro da área assinaladas pelo árbitro, juntou-se o cartão vermelho exibido pelo juiz da partida ao camisola 4 leonino, que obrigou a mudanças no onze para o compromisso seguinte, a deslocação ao Estádio do Bessa.

Castigado no campeonato, Coates esperou pelo desafio da Liga Europa para regressar às opções, desta vez de Leonel Pontes. Mas a visita ao PSV, em Eindhoven, para a fase de grupos da prova, não sorriu aos leões e o defesa esteve no centro das atenções, novamente pela negativa, ao fazer o segundo golo dos holandeses na derrota verde e branca (2-3). Anteontem, no regresso aos jogos da Liga após castigo, não se livrou de assinar uma réplica desse autogolo.

No final do encontro, o treinador interino resumiu o estado de espírito após sequência tão dramática a nível individual: «É difícil de explicar. São muitos erros que prejudicam a equipa e o clube. Isto tem de mudar. Não é possível um jogador ter tantos erros na sua vida e tanto azar. Há que fazer alguma coisa para estabilizar emocionalmente.»

Para gerir o ciclo negativo que o central atravessa, os leões pretendem resguardar o jogador, de modo a que este ultrapasse a atual fase e recupere a estabilidade psicológica, para dar resposta positiva quando voltar a ser chamado, evitando assim exposição à crítica numa altura delicada do seu desempenho. Esta gestão deverá começar já no encontro de amanhã com o Rio Ave, para a Taça da Liga, o que abrirá as portas do onze ao português Neto.

[Imagem: n9RM36n.jpg]
Responder
#23

Citar: COATES DESTACA O ESFORÇO DA EQUIPA

O defesa-central Sebastien Coates, que marcou na vitória frente aos vimaranenses (3-1), reconheceu que foi preciso um grande trabalho de equipa para levar de vencido o adversário e somar mais uma vitória.

«Grande esforço da equipa e mais três pontos!!!», destacou Coates.

Enganou-se e marcou na baliza certa Big Grin

[Imagem: n9RM36n.jpg]
Responder
#24

Fosse o Coates o maior dos nossos problemas...
Não me esqueço que este não rescindiu.
Responder
#25

Eu pessoalmente, independentemente dos erros que já cometeu, sinto um certo carinho por este jogador. Como referido anteriormente, não rescindiu, é esforçado, é profissional, é líder...

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk
Responder
#26

Citar: COATES NO MERCADO ABRE VAGA A GUSTAVO HENRIQUE

Tal como chegou a ser estudado pela administração da SAD no último verão, Sebastián Coates é visto como negociável na reabertura do mercado de transferências, em janeiro, com os leões a verem no internacional uruguaio uma boa oportunidade para realizar um encaixe financeiro interessante que permita não só aliviar as contas como investir nos reforços pensados por Silas.

Foi, precisamente, tendo em conta esta decisão que a administração da SAD decidiu acautelar, desde logo, uma possível venda de Sebastián Coates. Daí que, perante a colocação de Gustavo Henrique em cima da mesa, a administração leonina tenha respondido com interesse mas pedido algum tempo de espera, de modo a perceber, de forma mais concreta, as reais possibilidades de Coates poder ser vendido.

Gustavo Henrique, recorde-se, é brasileiro, tem 26 anos e termina contrato com o Santos já no próximo mês, sendo por isso alvo apetecível de vários clubes europeus na reabertura do mercado.

[Imagem: n9RM36n.jpg]
Responder


Saltar para outro fórum:


Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)